Quarta-feira, 28 de Junho de 2006

Cartão amarelo às regras do comércio global




Um elemento do grupo de organizações não-governamentais Oxfam vestido de árbitro de futebol mostra um cartão amarelo à chanceler alemã, Angela Merkel; aos Presidentes francês, Jacques Chirac, e norte-americano, George W. Bush; ao primeiro-ministro britânico, Tony Blair; e ao presidente do Governo espanhol, Rodriguez Zapatero, durante um protesto contra as condições do comércio global em frente à sede da Organização Mundial de Comércio, na Suíça.

COMENTÁRIO    Este comércio global, proposto por estes lideres, não é mais do que uma forma de globalização capitalista do comércio. Estou profundamente contra esta forma de globalização. Não é mais do que a consagração do neoliberalismo.
O que se passa actualmente com a liberalização do comércio têxtil e vestuário é já um alerta para as consequências do que se pretende, impedindo a oportunidade de desenvolvimento das economias mais atrasadas.Tudo isto em benefício exclusivo dos grupos económicos e financeiros mundiais que, assim, terão o caminho livre para controlar toda a economia mundial. A livre concorrência, implicita neste comércio global, encarregar-se-á de colocar os trabalhadores em concorrência, pressionando-os a aceitar cada vez maiores reduções de salários e direitos sociais, conduzindo, de facto, como estamos a constatar, à preferência pelo baixo custo de produção, ao incremento do lucro pelo lucro a qualquer custo, à asiatização do  mercado de trabalho.
publicado por ummundomelhor às 17:25
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Terça-feira, 27 de Junho de 2006

Faça-se Justiça


   
    JOSÉ CASANOVA


O Governo atribuiu, entre Abril de 2005 e 26 de Junho de 2006, pensões “por méritos excepcionais na defesa da liberdade e da democracia” a 23 pessoas. Entre os contemplados estão figuras tão conhecidas como Hermínio da Palma Inácio, mentor do primeiro desvio de um comercial no mundo (o voo da TAP Casablanca-Lisboa, em 1961) e do célebre assalto à dependência do Banco de Portugal na Figueira da Foz, a José Casanova, actual director do ‘Avante’, jornal oficial do PCP, e a José Ernesto Cartaxo, militante comunista e dirigente da CGTP, que conta com a pensão desde ontem. Ao que o CM apurou, o valor mínimo desta pensão mensal rondará os 600 euros.


PIDE BENEFICIA DOS 'SERVIÇOS RELEVANTES'


Por “serviços excepcionais e relevantes prestados ao País”, previstos no Decreto-Lei 404/82, o Governo atribuiu, em 1992 (era Cavaco Silva primeiro-ministro), pensão vitalícia a Abílio Pires e Óscar Cardoso, inspectores adjuntos da PIDE (Polícia Internacional de Defesa do Estado). Abílio Pires, já falecido, ingressou na PIDE em 1950, como agente auxiliar, passou para inspector em 1965, e, em 1974, dirigia o Centro de Informação 2 e integrava o Conselho de Segurança Interna. Óscar Cardoso esteve em Angola e Moçambique e, em 1973, no regresso a Lisboa, já como inspector-adjunto, foi dirigir os Serviços de Informação



COMENTÁRIO No dia que comemoramos a morte do maior facínora, do assassino impiedoso, do ditador, do maior responsável pelo obscurantismo e atraso nacional, faz-se justiça. Finalmente, grandes lutadores anti-fachistas, são reconhecidos meritoriamente pelo Estado. Combatentes pela liberdade, combatentes por um mundo melhor. Mas se este atrasado reconhecimento me enche de regozijo, não posso deixar de constatar que o actual Presidente da República enquanto Primeiro Ministro atribuiu a esse braço da morte, a esse instrumento de tortura, que foi a PIDE, dinheiro de nós todos, dinheiro do Estado. Estes assassinos em vez de serem julgados pelos crimes horrendos que cometeram, ou que foram coniventes, vivem à nossa custa. De uma vez por todas faça-se justiça.

publicado por ummundomelhor às 13:49
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 26 de Junho de 2006

Heroi Eterno



Alvaro Cunhal não esteve no lado errado da história. Bateu-se heroicamente contra o fascismo  que alguns, como Maria José Nogueira Pinto e Ribeiro e Castro , toleraram. Esse  fascismo foi derrotado. Bateu-se pela conquista de direitos sociais e eles foram absorvidos pelo sistema. Bateu-se pela existência de um movimento organizado de trabalhadores  e os sindicatos são hoje a força social organizada mais relevante no nosso país. Os comunistas não estiveram do lado errado da história, marcaram o século XX . Depois dele, qualquer assalariado vive infinitamente melhor do que vivia. Na política e na história, a derrota é só o epílogo de muitas vitórias. Até à luta final...
publicado por ummundomelhor às 23:22
link do post | comentar | favorito

Hasta la vitória, siempre

publicado por ummundomelhor às 22:05
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 22 de Junho de 2006

Carta de Che a Fidel

"Fidel: Me recuerdo en esta hora de muchas cosas, de cuando te conocí en casa de María Antonia, de cuando me propusiste venir, de toda la tensión de los preparativos. Un día pasaron preguntando a quién se debía avisar en caso de muerte y la posibilidad real del hecho nos golpeó a todos. Después supimos que era cierto, que en una Revolución se triunfa o se muere (si es verdadera).
Otras tierras del mundo reclaman el concurso de mis modestos esfuerzos. Yo puedo hacer lo que te está negado por tu responsabilidad al frente de Cuba y llegó la hora de separarnos.
Sépase que lo hago con una mezcla de alegría y dolor; aquí dejo lo más puro de mis esperanzas de constructor y lo más querido entre mis seres queridos... y dejo un pueblo que me admitió como un hijo...
Hasta la victoria siempre.
¡Patria o Muerte!
Te abrazo con todo fervor revolucionario.
Che"

COMENTÁRIO   Até à luta final...

publicado por ummundomelhor às 22:40
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Quarta-feira, 21 de Junho de 2006

Mundial Alemanha 2006

publicado por ummundomelhor às 17:51
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Terça-feira, 20 de Junho de 2006

A resposta

Ministério da Educação quer reduzir número de professores com funções sindicais


O Ministério da Educação quer reduzir de 450 para 300 o número de professores com funções sindicais a tempo inteiro, devendo aprovar até ao início do próximo mês legislação nesse sentido, anunciou hoje a tutela.

Em Junho de 2005, o primeiro-ministro anunciou durante um debate mensal na Assembleia da República a intenção de reduzir de 1327 para 450 o número de professores que estavam fora das escolas a exercer funções sindicais.

Segundo José Sócrates, o Estado gasta anualmente com aquele número de docentes cerca de 20 milhões de euros em salários, e agora, com uma diminuição para 300 a tutela estima reduzir esse valor para oito milhões.


COMENTÁRIO Aí está mais uma hipocrisia deste governo P.S. Estas medidas, que supostamente servem para conter despesas, não são mais do que a resposta governamental à luta que os sindicatos travam pelo dignificação de uma das mais nobres e importantes profissões. O Governo responde assim, ao “ afronto “, debilitando os sindicatos. Esta é uma ofensiva sem precedentes contra os direitos consagrados do sindicalismo dos docentes. O Governo espera assim influenciar, mais ainda, a opinião pública com o suposto despesismo nos sindicatos culpabilizando-os e rotulando-os de excessivos. Este Governo continua a esconder assim as verdadeiras causas dos problemas do sistema educativo, absolvendo politicamente os principais responsáveis pela situação, que são as políticas de direita destes governos sucessivos PS ,PSD-CDS/PP. Peço aos professores que não deixem de lutar pelo que de mais nobre tem a carreira docente que é a liberdade de ensinar. Não se deixem espezinhar, lutem porque este é sem dúvida o caminho...

publicado por ummundomelhor às 23:56
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Julho 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Vergonha

. Exemplo

. Cartão amarelo às regras ...

. Faça-se Justiça

. Heroi Eterno

. Hasta la vitória, siempre

. Carta de Che a Fidel

. Mundial Alemanha 2006

. A resposta

. Contra Guantánamo, contra...

.arquivos

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

.favorito

. Pensamento do Dia

. O Hino

.links

.Notícias na Hora

blogs SAPO

.subscrever feeds